Detalhes da notícia

Por PABLO KOVAL | Postado em: 04/12/2017 - 08:04
8ª edição do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas premia 12 estudantes
8ª edição do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas premia 12 estudantes

O Dia Mundial de Luta Contra a Aids, primeiro de dezembro, foi marcado com a entrega de prêmios para estudantes que participaram do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas, realizado pela 20ª Regional de Saúde e Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste do Paraná (Ciscopar). A solenidade aconteceu nesta sexta-feira (1º), no auditório do Centro Universitário FAG, campus Toledo.

 

Abordar com os pré-adolescentes e adolescentes os temas sobre as drogas, alcoolismo e doenças sexualmente transmissíveis às vezes ainda é um tabu, principalmente pelo fato da vergonha que tais assuntos causam. Por isso, o projeto Saúde e Prevenção nas Escolas premiou 12 alunos que retrataram em forma de poesias ou desenhos o tema ‘Drogas e doenças sexualmente transmissíveis, um like para a prevenção’. Os premiados receberam bicicletas e certificados.

 

O chefe do Núcleo Regional de Educação de Toledo, Léo Inácio Anschau comenta que às vezes esses assuntos não são abordados como deveriam ser. “Falta o conhecimento necessário e também há às questões do tabu que ainda não foram superadas e que precisam ser mudadas. Por isso, é essencial trabalhar com os estudantes, porque além das palestras assistidas por eles, os alunos são convidados a participarem retratando o assunto através de desenhos ou poesias”, comenta.

Léo Inácio informa que este ano houve a participação de 1500 estudantes. “É um número significativo, mas precisamos melhorar e aumentar. Devemos ter uma abrangência melhor, pois temos espaço para crescer”. De acordo com o chefe do núcleo esses desenhos e poesias vão para um calendário que será distribuído nas nossas unidades escolares do Paraná e nos órgãos públicos.

“No nosso município tivemos uma boa participação, com 250 participações, além disso, tivemos escolas premiadas. Porém o nosso foco para o próximo ano é aumentar, vamos trabalhar isso na reunião de fechamento de ano com os diretores”.

A estudante do Colégio Estadual Ayrton Senna da Silva, localizado no Bairro São Francisco, Raiane Aparecida Schuch comenta, “é muito importante falar sobre esses temas, que na sociedade ainda é tabu. Isso faz com que a comunidade esteja mais informada para diminuir essas doenças”. Raiane explica que já participou em outros anos. “Essa é a primeira vez que ganho. Fiquei muito feliz, eu não esperava e isso me mostrou o potencial que tenho”.

A professora Juliana Morgan salienta que a sensação de ver um aluno premiado e extremamente gratificante. “Durante as aulas tentamos motivá-los a realizar sempre o melhor e ver esse retorno causa muito orgulho. Porque assim eles percebem que é possível conquistar a recompensa quando algo é bem feito”.

Juliana comenta que este é o terceiro ano que o Colégio Estadual Ayrton Senna da Silva participa. “Como estamos em um bairro mais retirado da cidade, às vezes os alunos não acreditam no potencial que eles têm. Então quando eles produzem essas obras e são recompensados faz com que acreditem neles”, finaliza.



Compartilhe:
Notícias relacionadas

Fale conosco
Integração, a sua rádio!
Uma programação preparada especialmente para você!
Rua Dom Pedro II - 1581 - Centro - Toledo PR
© 2017 | Todos os direitos reservados
Desenvolvido por 4aw