Detalhes da notícia

Por Associação Toledana de GR | Postado em: 27/03/2019 - 08:15
Reunião discute realinhamento de projeto de GR em Toledo
Uma reunião nesta terça-feira, 26, na sala de reuniões do Gabinete, com o prefeito Lúcio de Marchi, gestores do projeto, diretoria da Associação de GR e os secretários de Educação e de Esportes e Lazer serviu para realinhar alguns pontos do projeto de Gin
Reunião discute realinhamento de projeto de GR em Toledo

 O projeto atende atualmente cerca de 500 crianças e adolescentes, dos 6 aos 15 anos de idade, além de reunir uma equipe de rendimento, com aproximadamente de 50 ginastas, nas categorias pré-infantil, infantil, juvenil e adulto.

O projeto conta com as parcerias da prefeitura de Toledo e Sistema FIEP, além do patrocínio de O Boticário, Sanepar e Itaipu Binacional, através da Lei de Incentivo ao Esporte, para a sua manutenção. A preocupação dos gestores é com o término do convênio com o Ministério do Esporte, em outubro, e a necessidade de captar novos recursos para dar sequência às atividades.

Na reunião com o prefeito e secretários, foi destacada a contribuição do projeto no atendimento de crianças em risco de vulnerabilidade social, inclusive com a possibilidade de complementar o contraturno escolar na rede municipal de ensino, e o desempenho da equipe de rendimento, que tem conquistado pódio em todas as categorias em competições estaduais, nacionais e até internacionais, sendo uma das únicas modalidades locais com atletas integrando a seleção brasileira em duas Olimpíadas, em 2008, na China, e em 2016, no Brasil.

A preocupação dos gestores é manter tanto as atividades de base, que permitem a formação de novos atletas de rendimento, quanto as do rendimento, que servem de exemplo e de estímulo para quem está ingressando na modalidade. Segundo o gestor do projeto, Franz Menegazzo, a reestruturação de alguns serviços públicos e o momento econômico atual tem gerado preocupações das empresas e reduzido o aporte de recursos. Com isso, o projeto, assim como ocorre em outras modalidades esportivas, está encontrando dificuldades para manter-se e está realinhando as suas ações para garantir a continuidade dos trabalhos.

Hoje, completou a coordenadora técnica, Anita Klemann, mesmo com o apoio e o envolvimento dos pais, as atletas correm o risco de treinar ao longo do ano e não ter recursos para viabilizar a participação em competições nacionais e também fora do país, embora o nível técnico das ginastas permita esta participação. Segundo ela, isso seria muito frustrante para as ginastas, que se dedicam e treinam intensamente ao longo do ano, tornando a GR local referência no Brasil e para outros países. Ela reforça a sua preocupação com o risco de interrupção das atividades a partir de outubro, caso não ocorra aporte de recursos para a manutenção do projeto.

 

O prefeito de Toledo, Lúcio de Marchi, elogiou o trabalho realizado na modalidade de GR e destacou os benefícios do esporte para o desenvolvimento das crianças e dos adolescentes, oferecendo novas perspectivas de vida, além de contribuir para o crescimento físico e pessoal. “É inegável os benefícios do esporte e não podemos deixar que um projeto como este se perca. Somos muito gratos à equipe técnica, pais, apoiadores e patrocinadores e não vamos medir esforços para dar continuidade a este trabalho”, destacou ele, comprometendo-se a trabalhar em conjunto com a equipe para buscar alternativas para a manutenção do projeto.

O secretário de Esportes, André Alcará, destacou o trabalho diferenciado desenvolvido na GR, responsável por trazer tantos resultados positivos na modalidade, e se comprometeu a aportar recursos para auxiliar na participação da equipe em competições estaduais. Representando a Secretaria de Educação, também envolvida no projeto, a secretária da pasta, Edna Schaeffer, lembrou a importância da modalidade no atendimento às crianças no contraturno escolar. Cerca de 130 meninas participam do projeto, com atividades de segunda a sexta-feira, no contraturno escolar. Sem o projeto, a pasta enfrentaria dificuldades para atender estas crianças no contraturno. A secretária também informou que estão sendo finalizados os contatos visando a cedência em regime de comodato do ginásio de esportes do Sesi ao município, o qual continuará sendo usado pela Ginástica Rítmica.

Representantes dos pais também reforçaram a importância do projeto, que auxilia não só na formação física da criança, mas também pessoal, incluindo noções de responsabilidade, disciplina, organização e trabalho em equipe que são aproveitados não somente no esporte, mas para a vida toda. Segundo eles, saber que as filhas participam de um projeto como este dá a tranquilidade e segurança de que estão sendo bem assistidas.

O projeto de Ginástica Rítmica de Toledo, com 28 anos de atuação no município, conta com as parceiras do Sesi e prefeitura de Toledo e  com o co–patrocínio de O Boticário, Itaipu Binacional e Sanepar, através de recursos obtidos pela da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte/Governo Federal.  



Compartilhe:
Notícias relacionadas

Fale conosco
Integração, a sua rádio!
Uma programação preparada especialmente para você!
Rua Almirante barroso, 2018, CEP 85900-020 Centro Comercial Catedral, sala 18
© 2019 | Todos os direitos reservados
Desenvolvido por 4aw