Detalhes da notícia

Por BIOPARK | Postado em: 22/06/2020 - 15:30
Nova empresa instalada no Biopark é pioneira em sequenciamento genético na agricultura
A agritech Lagbio atua de forma inédita no país com o uso da genética molecular no mundo agro
Nova empresa instalada no Biopark é pioneira em sequenciamento genético na agricultura

A busca por inovação no agronegócio está impulsionando o surgimento das agritechs - empresas que trazem soluções revolucionárias para a agricultura e suas vertentes, com o suporte da tecnologia. A LagBio, nova residente no Biopark, é uma dessas empresas.

A LagBio atua de forma pioneira no Brasil com tecnologia avançada de sequenciamento de DNA. “Fazemos análises genômicas com o objetivo de trabalhar com técnicas de sequenciamento de DNA de alta tecnologia na agricultura, o que ainda é inédito no Brasil. Com isso, o produtor vai ter mais informações para tomar decisões e até mesmo prever problemas”, explica Cassia Pinheiro, uma das pesquisadoras da empresa.

Através da genética molecular a empresa leva em conta uma série de parâmetros que, integrados, fornecem dados precisos, podendo detectar problemas de uso e manejo, com uma grande antecedência e consequentemente elevar os índices de produtividade no campo.

“Com essa tecnologia é possível analisar toda a vida presente no solo. Quando há uma doença, muitas vezes o controle não é efetivo porque não é feito corretamente. Através do DNA conseguimos chegar ao agente causador e identificar com precisão, eficiência e certeza. Com um diagnóstico assertivo os patamares produtivos podem ser superados e o agricultor consegue o resultado esperado sem perder dinheiro”, explica Danieli Takahara, sócia da LagBio.

A agritech conta com uma equipe multidisciplinar composta por sete profissionais, todos com grande experiência na área. “Os profissionais e parceiros envolvidos tem longos anos de experiência de mercado, não só em pesquisa, mas também em demanda do campo, conhecendo lá na ponta a necessidade do agricultor”, complementa Danieli.

A LagBio começou a sair do papel em 2020 e encontrou no Biopark uma forma de acelerar o seu processo de implantação “O Biopark pra nós foi um acelerador. Com todo o espaço e infraestrutura, não precisamos nos preocupar em construir algo no momento”, explica Eduardo Bonett, um dos sócios.

A sócia Danieli ressalta os benefícios que um Ecossistema como o Biopark oferece. “Em um ambiente como o Biopark, que nos propicia a divergência de ideias pela diversidade de empresas e pessoas de outros segmentos, é onde surge a inovação. Isso traz uma expectativa muito grande de estar aqui. Além disso, há um alinhamento entre os nossos objetivos e os do Biopark, pois queremos com nosso produto ofertar realmente uma solução, levar para o campo aquilo que de fato falta”, complementa.



Compartilhe:
Notícias relacionadas

Publicidade
Publicidade
Fale conosco
Integração, a sua rádio!
Uma programação preparada especialmente para você!
Rua Almirante barroso, 2018, CEP 85900-020 Centro Comercial Catedral, sala 18
© 2020 | Todos os direitos reservados
Desenvolvido por 4aw