Detalhes da notícia

Por COLÉGIO LA SALLE | Postado em: 11/10/2021 - 08:34
Cultura – Arte e Emoção há 10 anos no palco e na vida da comunidade lassalista
Cultura – Arte e Emoção há 10 anos no palco e na vida da comunidade lassalista

A escritora norte-americana, Camille Paglia, em sua obra Imagens Cintilantes diz que: “A arte usa os sentidos e a eles fala. Funda-se no mundo físico tangível".  Suas palavras nos remetem ao Projeto lassalista: Cultura – Arte e Emoção que está no palco e na vida da comunidade lassalista há uma década. Em 2020, a Pandemia não permitiu a vivência do Projeto mas, neste ano, com todos os protocolos e a melhora no quadro sanitário, foi possível proporcionar aos estudantes esta experiência humana que transita entre o real e o imaginário, favorecendo as relações sociais, habilitando as pessoas na relação com o outro e com o mundo.

A professora de Produção de Texto e responsável pelo Projeto, Mauraci Torquato explica que o “Cultura – Arte e Emoção” propõe-se a incentivar a leitura de Clássicos da Literatura Universal. “Em síntese, a dinâmica impõe muitos desafios aos estudantes e, o primeiro deles está em manter a unidade nas turmas e o espírito colaborativo. Assim, a criatividade e, sobretudo, a proatividade, por meio da resolução de quaisquer situações, que se insurjam durante os ensaios, são habilidades muito importantes e necessárias ao desenvolvimento de peças teatrais, que envolveram em 2021, mais 130 estudantes”.

Assim como Camille Paglia, Mauraci também acredita que a arte usa e fala aos sentidos. “Quando a proposta envolve arte, inevitavelmente, terá como suporte a sensibilidade e a percepção pessoal. Em se tratando de habilidades, é possível dizer que quando apreciamos uma manifestação artística, ao mesmo tempo estamos reconhecendo um território que não nos pertencia e que, podemos pela arte, apreciá-lo. Aprender e ouvir, cultivar o imaginário e representar um roteiro, são habilidades condecoradas pelo teatro. A questão está no envolvimento de todos e em quanto todos querem ser felizes na execução do projeto”.

A professora de Produção de Texto destaca como a arte dialoga com a disciplina. “Na verdade, a arte cênica expande a criatividade e a imaginação e, por consequência, promove a liberdade e a autonomia. É nesse critério que agrega à Produção de Texto a habilidade de se colocar como sujeito, mesmo que seja em uma representação. A todo momento, somos solicitados a desenvolver propostas argumentativas ou narrativas e, assim, precisamos da intuição e do exercício de nos identificarmos com distintos contextos – esse é o centro do domínio da produção de texto”.

Para além dos objetivos curriculares, a arte pretende propiciar experiências com as emoções e conflitos humanos, como um laboratório da vida. “’A arte tem um poder transformador’. Certamente para quem participa do projeto “Cultura, Emoção e Arte” comprova que há um envolvimento e a disposição de fazer sempre o seu melhor. Para quem trabalha com educação e com adolescentes, instigá-los à sensibilidade é promover o amor próprio, a autoaceitação, a gentileza e, por fim, entender o outro a partir dessas faculdades”, avalia Mauraci.

O Projeto “Cultura – Arte e Emoção” envolve estudantes formandos do Ensino Fundamental II, o 9º ano. Porém, em 2020, a pandemia da Covid-19 impediu, por medidas de proteção e seus devidos protocolos que fossem apresentadas as peças teatrais. Assim, em 2021, participaram três turmas de 9º anos e uma turma de 1º Ensino Médio.

As peças encenadas foram “Malévola, Romeu e Julieta e Rapunzel e Enrolados”. Ressaltando que em todas as peças, medidas de prevenção à disseminação da Covid-19 foram criteriosamente observadas e, por essa razão, foram apresentações organizadas a públicos agendados pela coordenação do Colégio.



Compartilhe:
Notícias relacionadas

Publicidade
Publicidade
Fale conosco
Integração, a sua rádio!
Uma programação preparada especialmente para você!
Rua Almirante barroso, 2018, CEP 85900-020 Centro Comercial Catedral, sala 18
© 2021 | Todos os direitos reservados
Desenvolvido por 4aw